Neto anuncia pedido para prorrogação do Auxílio e amplia base de pessoas beneficiadas

Muitas famílias de Salvador podem estar prestes a receber uma ajuda a mais nas próximas semanas. Isso porque nesta terça-feira, dia 15, ACM Neto afirmou que vai enviar um projeto de lei para prorrogar o auxílio “Salvador por Todos”.

O programa proporciona R$270 para trabalhadores informais que tiveram suas atividades prejudicadas durante a pandemia. De acordo com o portal Bahia Notícias, o projeto do prefeito visa que o benefício continue a ser pago aos diversos tipos de trabalhadores como baianas de acarajé, ambulantes, feirantes, camelôs, barraqueiros, baleiros, guardadores de carro, recicladores, taxistas, motoristas de aplicativos e mototaxistas.

Além disso, o texto, que irá para Câmara Municipal de Salvador, também incluiu um público ainda mais vulnerável. Agora, as pessoas que em situação de rua que estão cadastradas para receber refeições nos Centros POP passarão a ter direito ao benefício. Ainda segundo o portal, a partir dessa decisão, os centros de distribuição de alimentos de Barroquinha, Itapuã, estacionamento São Raimundo, Pau da Lima, e São Tomé de Paripe funcionarão até o final de setembro, tendo suas atividades finalizadas a partir de outubro. Neto falou sobre a ideia:

“Hoje temos o cadastro das pessoas em situação de rua. Vamos comunicar que essas pessoas passarão a receber, a partir de outubro, o auxílio de R$ 270”

O fornecimento de cestas básicas a mototaxistas e pessoas em situação vulnerável que morem em áreas de risco e sujeitas a inundações também deve ser mantido até o final do ano.

Da Redação do acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: