Nem o pai e nem a mãe de Lázaro foram ao sepultamento, mas esposa chorou sem parar por 30 minutos

O caso Lázaro Barbosa segue repercutindo nesta quinta-feira (1). Após ser morto em confronto com a polícia no último dia (28), o foragido foi enterrado hoje, mas o enterro não foi um sepultamento, digamos, comum.

A cerimônia fúnebre de Lázaro ocorreu num cemitério não identificado pelos familiares, para evitar problemas, em Cocalzinho de Goiás. Contudo, um fato chamou a atenção. Nem o pai e nem a mãe de Lázaro compareceram ao enterro. Ambos decidiram não se despedir do filho nessas circunstâncias. Mas a esposa dele compareceu e também falou sobre a relação dos dois e de Lázaro com o filho.

De acordo com o portal Record, Helen, esposa de Lázaro, ficou por cerca de 30 minutos chorando sobre o caixão dele. Ela desabafou: “Obrigada por tudo. Você foi um pai maravilhoso. Eu te amo tanto. Não precisava”.  Mas não termina aí.

Além disso, ainda segundo o portal, o sepultamento foi custeado pelo advogado Wesley Lacerda, procurado pela família antes de Lázaro ser localizado. Wesley havia compreendido que a família de Lázaro estava numa situação bastante difícil, visto que o povo estava nutrindo muita raiva por conta do que o criminoso fez e muitos vincularam isso, erroneamente, à família dele

Para pagar os gastos, Wesley fez um acordo com um dos diretores responsáveis pela funerária que realizou o serviço. Entretanto, mesmo com a morte de Lázaro, o caso ainda não chegou ao fim,

Agora, as autoridades investigam quem estava dando assistência ao foragido durante os dias de perseguição. Já se sabe que ele não agia sozinho e as investigações seguem em curso.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: