Na Bahia, 60% dos médicos estão concentrados em Salvador

Dados do Conselho Federal de Medicina mostram que a Bahia ocupa o 18ª lugar no ranking de distribuição de profissionais por grupo de mil habitantes e, na rede pública, essa razão é de menos de um médico para mil baianos, revela matéria do Correio. O número de médicos  na Bahia está abaixo da média nacional. Essa é a conclusão do estudo Demografia Médica no Brasil: Cenários e Indicadores de Distribuição, divulgado no início da semana pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp). Segundo o Correio, o levantamento aponta que 17.741 médicos estão registrados no Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb) para atender a todos os 14.175.341 residentes do estado. Ou seja: se mil baianos precisassem ser atendidos por um médico no mesmo dia, eles teriam que disputar um mesmo profissional.  Ainda de acordo com a reportagem, apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) não definir um número ideal de médicos, o Brasil fica atrás de vizinhos como a Argentina, que tem uma média de 3,16 profissionais para cada mil habitantes.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: