Músico que foi alvo de ataque com ovos enquanto se apresentava em é premiado com bolsa de estudos

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta segunda-feira (11). O músico de rua Luiz Felipe Salinas Almeida, de 20 anos, que foi alvo de ataque com ovos enquanto tocava violoncelo em uma movimentada rua de Santos, litoral de São Paulo, foi premiado com uma bolsa integral de estudos em Música. O músico que viaja e se apresenta em várias cidades em locais diferentes para arrecadar recursos com o objetivo de sustentar o filho pequeno, ganhou visibilidade após o caso de agressão ter viralizado nas redes sociais.

Luiz foi atacado no momento em que tocava o seu instrumento na Avenida Floriano Peixoto, em frente a uma loja de instrumentos musicais. Uma pessoa moradora de um dos apartamentos vizinhos jogou ovos em direção a Luiz. Após a repercussão do caso, o jovem músico foi convidado para se apresentar em outros lugares e foi convidado por Renata Viegas, organizadora de eventos que se comoveu com a história do jovem, a estudar Música com os custos do curso a cargo dela.

‘‘Fiquei bem tocada [com a ovada]. É um artista, um músico, fico pensando como alguém faz isso com outras pessoas que só estão levando alegria para as outras”, contou. “Aquilo me deixou muito chateada, fiquei pensando no que eu poderia fazer para ajudá-lo”.

“Vou dar o primeiro empurrão. Se ele consegue tocar assim com pouca instrução, imagina quando se formar músico”, comentou Renata.
Renata Vi
egas entrou em contato com o músico e o convidou para se apresentar em um evento nesse sábado (9). Em certo momento chamou Luiz e o ofereceu uma bolsa de estudos integral. “Ele me olhava sem acreditar”, lembra.

Após uma prova de ingressão, Luiz estudará Música na Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES) no ensino à distância, com bolsa integral custeada por Renata Veigas. O músico ainda foi convidado a continuar tocando uma vez por semana no evento promovido por Renata, no Centro da cidade. Luiz poderá continuar viajando para as cidades e se apresentar nos lugares em razão do estudo de música ser à distância.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Reprodução/Redes sociais

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: