Mulher vestida de freira carrega mala com corpo da companheira falecida há um ano

Trajando vestes de freira, uma mulher foi vista transitando pelas ruas portando uma mala de conteúdo suspeito. Dentro deste objeto, estava o corpo de sua companheira, que falecera há, no mínimo, um ano. As câmeras de segurança registraram a idosa de 80 anos percorrendo as ruas do bairro de Ñuñoa, em Santiago, no Chile. A descoberta do conteúdo da mala ocorreu graças a um catador de lixo na última segunda-feira (8).

Identificada como Lorenza Patricia Ramírez Barrera, a mulher usava vestes caracterizadas como de uma freira durante sua jornada pela cidade. Tais trajes pertenciam à sua falecida companheira, que veio a óbito em abril de 2023, e com quem Patricia aparentemente mantinha uma relação amorosa.

Em seu depoimento às autoridades policiais, a mulher alegou que havia firmado um acordo com sua companheira: caso uma delas viesse a falecer, a outra não deveria comunicar tal ocorrência a ninguém.

Conforme investigações conduzidas pela polícia e pelo Ministério Público, Patricia é considerada viúva desde 1963, quando seu cônjuge faleceu. Ela é mãe de três filhos, um dos quais é freira e retornou à cidade para cuidar da mãe, que começou a apresentar sinais de “distúrbios” psicológicos.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Redes Sociais