Mulher transplantada com o coração de Eloá está internada em UTI por complicações da Covid-19

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (4). Augusta Anjos, a mulher que foi transplantada com o coração de Eloá Pimentel, está internada em decorrência de complicações trazidas pela Covid-19. A mulher que recebeu o diagnóstico positivo para a doença há cerca de um mês, segue internada em hospital particular de São Paulo.

Augusta se enquadra no perfil de pessoas que pertencem ao grupo de risco em razão de ter nascido com uma grave doença no coração e por ser transplantada com o coração da jovem Eloá, de 15 anos, que foi atingida por um tiro disparado pelo ex-namorado, Lindemberg Alves, em 2008, no episódio que ficou marcado como o maior sequestro já registrado pela Polícia Militar. O sequestro que aconteceu no interior de São Paulo durou cerca de quatro dias. Mas não é só isso…

De acordo com familiares, Augusta foi encaminhada a princípio para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas por conta da saturação estar muito baixa a mulher foi levada de imediato à Unidade de Terapia Intensiva (UTI), logo que deu entrada no hospital privado. A família da mulher internada disse que conta com doações para arcar com os custos da internação.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: