Mulher será indenizada em R$16 milhões depois de ter casa invadida por engano por policiais e ficar algemada sem roupa

Depois de policiais invadirem a casa de uma mulher com base em informações errada e a algemar completamente nua, a vítima será indenizada em em US$ 2,9 milhões, o que equivale a R$ 16,5 milhões.

Toda a ação policial foi registrada por câmeras que ficam presas ao corpo dos policiais. Nas imagens, Anjanette Young, uma norte-americana, aparece nua, algemada e afirmando repetidamente que os agentes estavam na casa errada. Contudo, os policiais continuavam revistando a residência.

Posteriormente, as autoridades admitiram que a ação foi feita com um mandado de prisão preventiva baseado em informações erradas.

Assim, o comitê de finanças do conselho da cidade de Chicago concordou, por unanimidade, na última segunda-feira (13), a indenização de US$ 2,9 milhões a mulher.

A prefeita da cidade, Lori Lightfoot, pediu desculpas pessoalmente a Anjanette. Depois disso, também houve mudanças na política de como a polícia local conduz as batidas na cidade.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: