Mulher realiza aborto e joga bebê no telhado da vizinha

A polícia realizou uma operação para encontrar uma mulher que teria abortado um bebê e depois o jogado no telhado da vizinha. Após investigarem, as autoridades chegaram até Adriana Lima da Cunha, de 23 anos. Ela estava numa maternidade da rede estadual.

Ao notar presença dos agentes, ela se assustou e ainda tentou fugir, mas não conseguiu.Segundo o portal Amazonas Notícias, a delegada do caso explicou o que aconteceu:

“Adriana informou em depoimento que não sabia que estava grávida e que tinha tomado um chá, pois estava sentido dores, no entanto, encontramos outra versão porque ela realmente ingeriu alguma medicação que precipitou o parto com a finalidade do aborto. Ficou constatado que os familiares de Adriana não sabiam da gravidez dela. Adriana alegou que, quando percebeu que estava tendo uma criança, se assustou, pegou a bebê por impulso e acabou jogando a recém-nascida.” Disse a delegada.

A equipe foi ao resgate do bebê e ele estava vivo! O recém-nascido recebeu assistência médica com urgência e foi constatado que ela pesa pouco mais de 2 quilos e tem aproximadamente 37 semanas.Internado na UTI, o bebê está se recuperando e ganhando peso. Adriana recebeu assistência médica e agora está sendo acusada de aborto e tentativa de homicídio.O caso aconteceu no início dessa semana, no Amazonas.

Categoria(s): Regional.

Comente: