Mulher acusada de encomendar a morte do marido após descobrir triângulo amoroso é solta pela justiça

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (14). A mulher que encomendou a morte do próprio companheiro após descobrir um triângulo amoroso, foi solta nessa segunda-feira (11) pela Justiça de Canindé, Ceará. A acusada Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, está em liberdade provisória e não fará uso de tornozeleira eletrônica fora da prisão.

Maria Aparecida cometeu o crime de tentativa de homicídio após ter descoberto que o companheiro Jaelson Oliveira, de 39 anos, mantinha um relacionamento amoroso com a filha de 20 anos e com o genro, Herilson da Silva Lopes, de 26 anos. Na ação, as vítimas foram atingidas por disparos de arma de fogo na porta de casa por dois suspeitos. Pai e filha foram atingidos pelos disparos de arma de fogo e encaminhados para um hospital da cidade.

A polícia já concluiu o inquérito que mostra que Maria Aparecida foi a responsável por planejar os crimes. Jaelson é investigado pelas autoridades que procuram saber se houve crime de estupro contra a filha e outros adolescentes. O advogado de Maria Aparecida aguarda a denúncia do Ministério Público.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: