Connect with us

Regional

Motorista que agrediu assessoras do ator Felipe Titto diz à polícia que apenas se defendeu

...

Em depoimento à polícia nesta sexta-feira (8), o motorista de aplicativo Louis Ankai Baiden, acusado de agressão por três mulheres que trabalham com o ator Felipe Titto, disse que apenas se defendeu das passageiras. Ele prestou depoimento no 97° DP (Americanópolis) e foi para casa.

A agressão teria acontecido durante uma corrida na quinta-feira (7). Três mulheres que trabalham com o ator Felipe Titto acusam o motorista de quebrar o nariz de uma delas e atropelar a outra.

A advogada Thatiane Soares passou duas horas na delegacia nesta quinta e, na saída, mancando por causa dos ferimentos, não quis falar sobre o que aconteceu. Ela registrou um boletim de ocorrência contra o motorista.

Louis é de Gana, na África, e há três anos trabalha com aplicativo. No depoimento, disse que foi agredido pelas três mulheres.

“Eu queria estacionar o carro, a primeira desceu e me bateu e aí eu queria fechar minha porta e ir embora. Aí, eu tentei me defender e entrei no meu carro e fui embora. Eu não bati em ninguém, pode ser quando eu tentando fugir, aí acontecer, todo mundo errou, mas eu não bati na mulher”, disse.

Felipe Titto acompanhou parte do depoimento de Thatiane.

“A vulnerabilidade da mulher hoje no Brasil é uma coisa muito bizarra e vocês estão 100% vulneráveis pelo excesso de força que o cara tem”, afirmou o ator.

O delegado responsável pelo caso ainda quer ouvir as duas outras vítimas, quer que elas façam exame de corpo de delito e vai recolher imagens de câmeras de segurança para decidir se o motorista vai ser indiciado e por qual crime. O caso foi registrado como lesão corporal.

(Fonte: G1)

Continue Lendo
Publicidade

Acontece Na Bahia - Copyright © 2019.