Search
Close this search box.

Morre personal trainer e influencer de 34 anos que nasceu com um rim e que esperava por transplante

A notícia do falecimento de Hans Christian Dyck Annes, conhecido como Cristhian Annes nas redes sociais, é um acontecimento que entristece profundamente a comunidade apaixonada pelo esporte. O personal trainer e influenciador digital, residente em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, nos deixou dois meses após ingressar na fila de espera por um transplante renal.

Segundo relato de sua companheira, Wanna Teixeira, desde a infância Christian sabia que tinha nascido com apenas um rim, e em 2022 foi diagnosticado com disfunção renal. O tratamento teve início no final de 2023, mas infelizmente, após uma internação desde 20 de janeiro, Christian faleceu na segunda-feira, dia 5.

Ele havia entrado na fila de transplante em dezembro e, em janeiro, estava na posição 70ª. Em dezembro, o estado do Paraná registrava 2.011 pessoas aguardando por um transplante renal.

Pouco mais de um mês atrás, outra trágica perda abalou Ponta Grossa com a morte de Danilo de Campos, também personal trainer, vítima de um infarto.

Com uma sólida carreira como personal trainer em academias locais e uma audiência de mais de 42,2 mil seguidores no Instagram, Christian era pós-graduado em Bodybuilding Coach/Nutrição Esportiva, além de oferecer consultoria em musculação. Sua paixão pelo esporte o levou a competir em campeonatos de fisiculturismo e a trabalhar como modelo.

De acordo com relatos de Wanna, Christian era apaixonado pelo esporte e estava determinado a continuar treinando, mesmo durante o tratamento médico.

Seu sepultamento ocorreu no Cemitério Municipal São José, de Ponta Grossa, na terça-feira, dia 6.

Christian descobriu sua condição de saúde na infância, mas só enfrentou complicações mais tarde. Mesmo temendo agulhas, em um gesto de encorajamento, ofereceu-se para acompanhar sua namorada em exames médicos de rotina em 2022. Os resultados revelaram problemas renais, mas Christian inicialmente relutou em buscar tratamento.

Somente após mais de um ano, incentivado por seu treinador, Christian iniciou o tratamento de diálise em dezembro de 2023 e entrou na lista de espera por um transplante renal. Infelizmente, a notícia de que sua vez poderia chegar em breve chegou tarde demais.

Em memória de Christian, amigos e familiares mobilizaram-se nas redes sociais, compartilhando pedidos de doação de órgãos.

Em 2023, 15 pessoas que aguardavam transplante renal no Paraná perderam suas vidas. O estado encerrou o ano com 2.011 pacientes na lista de espera, sendo 1.710 aptos para o transplante. A doação de órgãos é essencial para salvar vidas. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) disponibiliza informações sobre como se tornar um doador em seu site.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fonte: G1