Morre padre italiano que cedeu respirador a paciente mais jovem

O padre Giuseppe Berardelli italiano, que decidiu ceder seu respirador para um paciente mais jovem também infectado pelo coronavírus, morreu nesta terça-feira, em Bergamo, na Itália.

O religioso havia ganhado o aparelho de presente de um de seus paroquianos, mas resolveu que o uso seria desse doente mais novo.

Beradelli celebrava missas em uma igreja na cidade de Casnigo, região da Lombardia. O padre não teve velório. Porém, num gesto simbólico, os moradores foram às janelas e aplaudiram sua atitude.

Pelo menos 50 padres morreram por COVID-19 na Itália. Mais de 16 vítimas são da diocese de Bergamo,uma das cidades mais atingidas do país. O papa Francisco iniciou uma oração em homenagem aos médicos e sacerdotes que faleceram por causa do coronavírus.

A Itália é o país com mais mortes causadas pela pandemia (6.820 até a tarde desta terça-feira, 24), superando a China. Segundo o último balanço divulgado, o país contabilizou 743 mortes nas últimas 24 horas.

Categoria(s): Internacional.

Comente: