Morre o jovem pastor Thiago Andrade, aos 36 anos, após ficar internado por 30 dias

Nesta terça-feira (05), um episódio comoveu admiradores e chamou a atenção do público em geral. Isso porque um pastor e ativista político morreu aos 36 anos. Mas afinal, o que aconteceu?

O jovem passor Thiago Andrade, de 36 anos morre no último final de semana, mas a notícia só veio à tona nesta terça. Além de ser um líder religioso, Thiago era militar da reserva e ativista político apoiador do presidente Bolsonaro, integrando o “Movimento São Paulo Conservador.” Ele faleceu após lutar pela vida contra o coronavírus, ficando internado por 30 dias. Mas não é só isso.

Durante a pandemia, Thiago agiu de forma parecida com a do presidente Jair Bolsonaro. Isso porque ele defendeu o uso da ivermectina e da cloroquina na prevenção do coronavírus. Contudo, isso não é comprovado cientificamente. Nas redes sociais, o deputado Eduardo Bolsonaro lamentou a morte do pastor:

“Nossa solidariedade aos familiares do ativista Thiago Andrade do Movimento São Paulo Conservador, falecido nesta madrugada. Agradecemos seus esforços na construção de um Brasil melhor. Que Deus conforte a família.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: