Morre o cantor Renato Barros, ícone da Jovem Guarda

Na tarde desta terça-feira, dia 28, a música brasileira perdeu um grande nome. Muito conhecido como um ícone da Jovem Guarda, o cantor Renato Barros, do grupo Renato e Seus Blue Caps, morreu no Rio de Janeiro.

Aos 76 anos, Renato estava internado no Rio de Janeiro depois de passar por uma cirurgia. O precedimento realizado teria sido de ordem cardíaca. Contudo, apenas alguns dias depois da operação, ele começou a apresentar problemas pulmonares. Depois disso, o estado de Renato foi se agravando até que ele acabou não resistindo e morrendo nesta terça-feira.

A filha do artista, Erika Barros falou sobre o ocorrido: “Agora, definitivamente, meu pai é uma estrela, e eu tenho certeza que estará olhando sempre por mim, minha irmã e suas netas. Vai ser difícil acostumar ficar sem você, pai. Mas Deus sabe de todas as coisas. Te amo muito. Você foi o melhor pai do mundo”

Além dela, a escritora da biografia do cantor, Lucinha Zanetti, também se manifestou: “Nosso amado e muito querido cantor, compositor e guitarrista não suportou tanto sofrimento e descansou!Foi tocar sua guitarra no plano superior, onde está agora ao lado de seus pais e de sua amada esposa Lúcia Helena.Siga em paz Renato, seu fãs enlutados choram a sua partida!Nossos sentimentos às filhas Érika, Renata, genro Keller, e netas Juliana e Fernanda.”

Ademais, outro grande nome da música nacional, Erasmo Carlos, se disse orgulhoso de ter trabalhado com Renato e lamentou a sua ida: “Toque direito aí no céu, viu meu amigo Renato Barros?!…Tenho orgulho de ter sido um Blue Cap em 1962…Meu Rock n’ roll está triste.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: