Morre Hello Kitty, dama do tráfico procurada pelas autoridades, após operação policial

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta sexta-feira (16). Morreu na manhã desta sexta-feira uma das criminosas mais procuradas do Rio de Janeiro, em um confronto com a polícia. Rayane Nazareth Cardozo da Silveira, a Hello Kitty, foi surpreendida com a chegada da polícia e morreu junto com outros três suspeitos no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo.

Segundo informações, Hello Kitty era o braço direito do pai, Alessandro Luiz Viera Moura, o Vinte Anos, apontado pela polícia como chefe do tráfico do Salgueiro, que também foi morto no confronto com a polícia.

Houve uma denúncia de que uma família estaria sendo feita refém em Itaoca, dentro do Salgueiro, e a polícia foi averiguar. Por volta de 6h, após a chegada da polícia, começou um intenso tiroteio que assustou a população e impediu muitos moradores de saírem de suas casas. A denúncia de sequestro não foi confirmada, mas os agentes encontraram no local Hello Kitty e Vinte anos, que foram baleados após resistirem a prisão. Eles ainda foram socorridos para o Hospital Alberto Torres, mas já estavam sem vida.

De acordo com a polícia, Vinte anos era o chefe do tráfico da Comunidade do Salgueiro e Hello Kitty era a gerente. Segundo a polícia, além das acusações de tráfico de drogas, Hello Kitty respondia por assalto a mão armada em outros pontos da cidade. Gostava de participar de bailes Funk e postava fotos com armas nas redes sociais. Na operação policial foram apreendidos dois fuzis e duas pistolas.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: