Modelo e atleta morre aos 23 anos após aceitar convite para procedimento que reduz a transpiração

Um caso complicado tomou as manchetes nesta quinta-feira (15). Aos 23 anos, uma jovem modelo e atleta não imaginou que perderia a vida após aceitar um convite.

Com 140 mil de seguidores nas redes sociais, Odalis Santos Mena motivava pessoas a terem uma vida no estilo fitness. Modelo e competidora profissional e estudante de nutrição, a mexicana mostrava seu dia a dia e seus treinos. Contudo, um “convite” mudou tudo.

Segundo o portal New York Post, Odalis Santos teria sido convidada por uma clínica para participar de um novo procedimento. Seria uma cirurgia chamada de “Mira Dry”, que usaria energia térmica para remover as glândulas sudoríparas, reduzindo a quantidade de suor e o odor.

Todavia, depois de aceitar fazer a cirurgia e ser anestesiada, Odalis começou a ficar instável. Então, a modelo teve uma parada cardíaca e morreu pouco depois. Diante do ocorrido, a polícia local iniciou uma investigação e suspeita-se que ela tenha morrido por conta de negligência decorrente da anestesia. A principal hipótese é de que não havia um anestesista profissional e que a substância foi manejada por outra pessoa.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: