Ministro do Evangelho detido em Camaçari era considerado o ‘motorista de confiança’ da pastora Sara Mariano

Ministro do Evangelho detido em Camaçari era considerado o 'motorista de confiança' da pastora Sara Mariano

Gideão Duarte, ministro do Evangelho de 33 anos, foi detido em Camaçari por suposto envolvimento na morte da pastora Sara Mariano.

Segundo o advogado Carlos Augusto Vaz, defensor do suspeito, Gideão, que também é músico, seria o motorista confiável da cantora gospel. Ele já teria conduzido Sara para diversos eventos, incluindo o dia do ocorrido, quando, segundo o bispo Zadoque, convidou Gideão para levar Sara a mais um evento evangélico.

O bispo Zadoque, também detido, afirmou à polícia que Gideão foi responsável por levar Sara até o local do crime. No entanto, o advogado destaca que o motorista, sendo um motorista por aplicativo, apenas conduziu Sara até certo ponto e a deixou com o bispo, não tendo conhecimento do que ocorreu em seguida.

Com base nas informações fornecidas pelo bispo, o delegado solicitou a prisão temporária de Gideão. O advogado argumenta que o músico não tem conhecimento dos eventos subsequentes ao momento em que deixou Sara com o líder evangélico. Dois familiares de Gideão estiveram na delegacia, e o irmão de consideração do suspeito, Josué de Melo, defendeu a inocência do músico, sugerindo que uma conspiração foi tramada contra ele devido à sua relação de confiança com Sara.