Ministério Público é acionado após possível fraude em concurso

O Ministério Público estadual instaurou um inquérito para apurar uma denúncia sobre o concurso da Polícia Civil da Bahia que aconteceu neste domingo (5). As provas para delegado, escrivão e investigador foram aplicadas em Salvador, Barreiras, Itabuna, Juazeiro e Vitória da Conquista. A denúncia refere-se a duas situações. A primeira trata-se de um suposto extravio de um envelope com caderno de questões para o cargo de delegado. A outra fala do vazamento do gabarito da prova para o cargo de investigador. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB), empresa organizadora do concurso, disse em nota que houve um erro gráfico na montagem do material da prova para delegado em uma das salas, mas que assim que a situação foi detectada, os candidatos receberam material reserva de aplicação de prova. “A substituição é um procedimento padrão em casos de problemas gráficos, como o citado”, esclarece a empresa. A Cespe também informa que “não houve nenhum prejuízo aos candidatos e reafirma seu compromisso com a realização de certames seguros e isonômicos. Ressalta ainda que o processo de abertura dos envelopes de provas é acompanhado por candidatos, como forma de segurança e transparência”.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: