Mesmo com apenas 4 anos, filha presenciou e entendeu tudo: “Meu pai matou minha mãe”

Na última segunda-feira, dia 14, um homem invadiu um consultório e tirou a vida da ex-mulher na frente da própria filha e dos médicos. Agora a família revelou que, mesmo pequena, a garotinha entendeu tudo o que aconteceu.

Para o portal Globo, a irmã da vítima contou que a menina de 4 anos entendeu tudo que aconteceu no consultório: “Ela viu tudo. Ele fazendo, ele correndo. Ela fala: ‘Meu pai matou minha mãe'” Além disso, ela também disse que a irmã era ameaçada com frequência: “Ele ameaçava. Ela sempre me falava por telefone. Dizia que qualquer coisa que acontecesse, tinha sido ele”

Entenda o caso

O casal Rafael, de 35 anos, e Shirley, de 34, foi até o hospital com a filhinha para uma consulta pediátrica. Então, eles decidiram ir até uma clínica particular no Hospital São Francisco, no Distrito Federal. Tudo ia bem até que em dado momento Rafael saiu do consultório.Apenas alguns minutos depois, Rafael retornou ao local com um comportamento agressivo e munido de uma faca. Ignorando a presença do médico e também da própria filha, o homem atacou Shirley e fugiu.

Depois disso, as equipes do local se mobilizaram para tentar salvar a mulher e chegaram a levá-la para o centro cirúrgico, mas ela não resistiu.As autoridades foram acionadas e iniciaram buscas pelo homem em todo o perímetro. Depois do crime, o acusado foi localizado a menos de 10 Km do local onde tudo ocorreu. Entretanto, ele já havia tirado a própria vida. Ainda segundo o portal, uma irmã da vítima afirmou que o casal já estava separado há alguns meses. Contudo, Rafael não aceitava o fim do relacionamento entre os dois.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Categoria(s): Destaque.

Comente: