Mesmo após conselho do pai, moça de 22 anos decide realizar procedimento de beleza e acaba não resistindo

Uma triste notícia tem circulado nas redes sociais e está sendo alvo de muitos debates nesta terça-feira (12). A matéria traz a história da jovem Cinthia Lizeth Vega Chapa, de 22 anos, que não ouviu o conselho do pai e familiares e veio a óbito após se submeter a uma cirurgia de lipoaspiração. A família alertou a jovem e pediu para que ela não fizesse o procedimento.

Este tipo de procedimento cirúrgico tem se disseminado entre pessoas famosas e anônimas e consiste na retirada do excesso de gordura localizada na barriga e coxas, por exemplo, para melhorar o aspecto corporal. Como qualquer outro procedimento cirúrgico, a lipoaspiração implica riscos.

A Procuradoria-Geral do estado de Nuevo León, no México, divulgou os primeiros relatórios que apontam que a jovem morreu durante a cirurgia. Após a morte de Cinthia, foram compartilhados vídeos por meio do TikTok que mostram uma pessoa na mesma clínica onde Cinthia morreu, sendo submetida ao procedimento.

Como o vídeo viralizou, foi possível muitas pessoas perceberem na clínica a falta de condições higiênicas mínimas para a realização de tais procedimentos. Alguns usuários do TikTok informaram que os profissionais que fazem os procedimentos não são especializados. O pai de Cinthia alerta as pessoas sobre a clínica onde sua filha faleceu e pede que não frequentem.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: