Médico com Coronavírus, que fez consultas em cidades baianas, será alvo de representação no MP

O governador do estado, Rui Costa (PT), informou, nesta segunda-feira (23), que o médico baiano, infectado pelo Covid-19, que atendeu cerca de quatro cidades do Litoral Norte, será alvo de representação criminal no Ministério Público da Bahia (MP-BA). A informação foi divulgada durante uma entrevista à TVE.

Tal notícia tornou-se visível ao público logo após parte de um áudio entre o governador e uma secretária de saúde ter sido divulgado. É possível observar que, na conversa, Rui comenta que um médico, diagnosticado com o novo Coronavírus, atendeu as cidades baianas de Entre Rios, Cardeal da Silva, Catu, Esplanada e Acajutiba.

“Além de irresponsabilidade, é desumanidade. Eu me pergunto onde está o juramento da ética dessa pessoa?” pergunta o governador.

Rui pediu que Fábio Vilas-Boas, secretário de Saúde do estado, prestasse uma queixa no Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb), e o procurador do estado Paulo Moreno, uma representação no MP-BA.

Segundo o petista, o médico não respeitou a orientação de quarentena, uma vez que ele havia chegado de uma viagem aos Estados Unidos a pouco tempo. Ainda conforme o governador, pacientes relataram que o médico realizou o atendimento com sintomas de gripe.

Da Redação.

Categoria(s): Regional.

Comente: