Médica com 8 meses de gravidez morre por complicações da covid-19 e bebê sobrevive a parto de emergência em MT

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (7). Cibele Bento Rodrigues, 38 anos, faleceu nesta terça-feira (6), vítima da covid-19 na cidade de Barra do Garças, 516 km distante de Cuiabá. Cibele, que era médica, estava no oitavo mês de gestação e o bebê conseguiu ser salvo pelo trabalho dos médicos em um parto emergencial. 

As informações são de que Cibele começou a se sentir mal no final de semana e apresentava tosse. A médica ficou internada desde a segunda-feira (5), onde procurou atendimento em um hospital de Barra do Garças com os sintomas da covid 19. Cibele sofreu uma parada cardíaca e faleceu antes mesmo de ser intubada. A médica não tinha problemas de saúde que pudesse se enquadrar em grupo de risco. 

Os médicos conseguiram salvar o bebê, um menino, que foi transferido para Goiânia em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea. Além de Cibele, os pais, a cunhada e sobrinhos foram infectados pela covid-19. A ginecologista e obstetra Bruna Fagundes Teixeira, informou que o período de gravidez deixa a mulher suscetível a contrair doenças. 

“A gestação põe a paciente em um estado de imunossupressão, então ela fica mais suscetível à infecções e à complicações das infecções, inclusive a Covid-19. São complicações tanto clínicas, que podem ser necessárias de hospitalizações, e também complicações obstétricas. ] No pré-natal que a gente vai excluir causas e fazer tratamentos que vão prevenir trabalho de parto prematuro, síndromes hipertensivas graves maternas que levem ao parto prematuro, dentre outros”, conclui. 

 Da Redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: