Marido corintiano mata esposa palmeirense a facadas após final da Libertadores

Uma triste notícia circulou nas redes nesta manhã de quarta-feira (3). Erica Fernandes Ceschini, morreu após ter sido agredida a facadas pelo marido no último domingo (31). O fato ocorreu em um apartamento na Vila Mangalot, na zona oeste de São Paulo.

De acordo com o site UOL, o marido da moça, o empresário Leonardo Souza Ceschini, 34, assassinou a mulher após uma discussão que aconteceu após a final da libertadores entre Palmeira e Santos no sábado (30).

O homem teria ficado irritado com a mulher comemorando título do seu time de coração e iniciou uma discussão.

De acordo com a versão de Leonardo, ele confessou ter matado a mulher após uma discussão. Assim, ele afirmou à polícia que desferiu golpes de faca contra a mulher após tomar o objeto da sua mão.

Conforme comunicado da Polícia Civil, Leonardo foi preso em flagrante. Quando as equipes da polícia chegaram ao local, a mulher caída no chão, já sem vida.

O tio da vítima, Renê Fernandes, concedeu entrevista e afirmou que não sabia o que levou o homem a agir daquela forma: “Estamos abalados e sem entender o que aconteceu. Estava tudo normal no sábado. Ela estava feliz pela conquista do time, ainda não consigo acreditar que o marido tirou a vida da esposa só porque o time era rival”.

Érica era mãe de gêmeos com Leonardo. Os dois se chamar Henri e Lorenzo e tem dois anos de idade.

A polícia ainda investiga as condições do crime e Leonardo responderá na justiça pelo seu ato.

Érica foi morta pelo próprio marido | Foto: Reprodução | Redes Sociais - Foto: Reprodução | Redes Sociais

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: