Mais um: Ministro Fernando Azevedo e Silva, da Defesa, pede demissão e deixa recado para Bolsonaro

Na tarde desta segunda-feira (29), uma outra demissão chamou a atenção do povo. Dessa vez, o Ministro da Defesa também resolveu deixar a pasta.

Responsável pelo Ministério da Defesa, Fernando Azevedo e Silva comunicou que deixará o cargo. Em nota oficial, ele agradeceu ao presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) e relatou ter cumprido a sua missão. Mas não é só isso.

Essa é a segunda demissão em apenas um dia, visto que Ernesto Araújo, do Ministério das Relações Exteriores, também deixou o governo Bolsonaro. A saída de Araújo se deu logo após intensa pressão dos parlamentares do progresso, que cobraram uma melhor postura durante a vigente pandemia para negociar a compra vacinas com outros países. Fernando Azevedo, da Defesa, afirmou em nota:

“Agradeço ao Presidente da República, a quem dediquei total lealdade ao longo desses mais de dois anos, a oportunidade de ter servido ao País, como Ministro de Estado da Defesa. Nesse período, preservei as Forças Armadas como instituições de Estado. O meu reconhecimento e gratidão aos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e suas respectivas forças, que nunca mediram esforços para atender às necessidades e emergências da população brasileira. Saio na certeza da missão cumprida.”

Fernando Azevedo e Silva”

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: