Mais de um mês presa, Flordelis surge abatida na prisão e tem a visita do seu companheiro negada pela Seap

Uma notícia tem sido manchete nos principais meios de comunicação neste domingo (19). A ex-deputada federal Flordelis dos Santos Souza, 60 anos, presa no Instituto Penal Talavera Bruce, no Complexo de Gericinó, em Bangu, teve a visita do seu companheiro, o produtor de artistas gospel Allan Soares, de 25 anos, negada pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

“Muito injusto não deixá-lo entrar, pois ele tem união estável com ela. Em outros presídios, companheiros entram livremente”, questiona a advogada Janira Rocha, que esteve com Flordelis na sexta-feira (17). O produtor musical esteve no aniversário de 60 anos de Flordelis, em fevereiro, e na ocasião foi apresentado à família.

A ex-deputada está presa desde o dia 13 de agosto e é acusada pelo Ministério Público como a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019. Flordelis diz que é inocente, mas por determinação da 3ª Vara Criminal de Niterói será submetida a júri popular.

“Triste, agoniada com a prisão, ansiosa com os julgamentos de seus recursos, normal. Mais magra, abatida, dormindo mal e com dificuldades de comer, normal”, disse a advogada Janira sobre o estado atual da ex-parlamentar. A advogada de Flordelis, no entanto, afirma que sua cliente não está desamparada.“Os filhos vão lá duas vezes por semana levar a custódia, mas estão proibidos de visitar”, contou. Custódia é o ato de parentes levarem produtos a pedido do preso, como itens de higiene pessoal, por exemplo. A ex-deputada costuma pedir biscoitos doces, seus prediletos.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: