Mãe do menino Miguel tem conta de rede social hackeada

Mirtes Renata de Souza, mãe de Miguel Otávio, que morreu ao cair de um prédio de luxo, disse que sua conta no Instagram foi hackeada e todas as fotos foram apagadas. “Algumas fotos de Miguel eu só tinha ali”, desabafa.

As fotos foram excluídas no dia 25 de junho. Mirtes diz não saber o que houve. “Eu não sei o que aconteceu, não sei se foi por causa das solicitações para seguir. Eu tinha mais de 1 mil solicitações, mas não estava conseguindo aceitar. Não sei se a pessoa hackeou porque queria os seguidores ou se foi por ruindade”, explica.

No dia 2 de junho, Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, morreu após cair do 9º andar em um prédio de Recife (PE). Ele tinha sido deixado pela mãe aos cuidados da patroa dela, a primeira-dama de Tamandaré, Sari Corte Real. Mirtes estava passeando com o cachorro dos patrões na parte de baixo do prédio.

Sari, que estava no apartamento com uma manicure que fazia as unhas dela, deixou o menino ficar sozinho no elevador para procurar a mãe. Miguel foi do 5º até o 9º andar sozinho, conforme apontou a perícia. Ele caiu de uma altura de 35 metros, após subir em uma área onde fica equipamentos de ar-condicionado.

Categoria(s): Nacional.

Comente: