Mãe de Menino Henry pede para deixar a prisão para poder acompanhar enterro do pai

Na tarde desta segunda-feira (12), um caso voltou à tona. A mãe do menino Henry, Monique Medeiros, pediu autorização da justiça para deixar a cadeia por conta de um motivo de última hora.

Presa após a morte do menino Henry Borel, filho dela de 4 anos, que não resistiu após ser agredido pelo médico e ex-vereador Dr. Jairinho, ex-parceiro dela, Monique também acabou acusada no caso.

Contudo, ainda na prisão, agora ela recebeu a notícia de uma outra perda. O pai de Monique, Fernando José Fernandes da Costa e Silva, estava internado num hospital lutando contra a covid-19, mas acabou não resistindo.

Diante disso, os advogados dela entraram com um pedido para que Monique possa comparecer ao enterro do pai. A situação tem divido opiniões nas redes. Entretanto, o pedido é baseado no artigo 120 da Lei de Execuções Penais, que assegura esse direito em contextos análogos ao do caso.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: