Mãe de jovem especial gasta dinheiro para viajar com a filha e encontra INSS fechado

As famílias beneficiárias de programas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), esperaram até o último dia 14 para que o atendimento fosse reaberto.

Então, com essa reabertura, Maria Viana criou expectativas de conseguir recorrer sobre um benefício. Aos 58 anos, ela é mãe de uma jovem especial de 13 anos. A agricultora, que vive no Acre, teve o valor cortado desde Abril. Contudo, depois de viajar 60 Km, gastar cerca de R$300 e ir até local com a filha no colo, nome não encontrou atendimento.

A falta de orientação adequada e o descaso do governo causaram tudo isso. Diante de situação tão complicada, ela não segurou as lágrimas: “”Não é fácil para uma mãe lutar, quando fica saem remédio ela não dorme, fico a noite acordada com ela. Somos pobres, mas não somos cachorros. Fico sofrendo de viagem com minha filha, carrego ela nos braços, ela não fala, não escuta, estou lutando pelo direito da minha filha.”‘

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: