Mãe de Henry tirou foto na delegacia no primeiro depoimento sobre a morte do filho

Uma notícia está sendo destaque neste sábado (10). A mãe do menino Henry Borel, Monique Medeiros, deixou a todos perplexos essa semana ao tirar uma selfie no primeiro dia de depoimento à policia sobre a morte do filho. Esse depoimento aconteceu nove dias depois da morte da criança e na foto, Monique aparece com um leve sorriso e com as pernas para cima em uma cadeira.

Nesse primeiro depoimento, inclusive, Monique não havia revelado à policia que sabia das torturas e agressões que o filho sofria de Dr. Jairinho, seu companheiro. Porém, ela, ao menos desde fevereiro, foi avisada dessas agressões pela babá. As mensagens recuperadas em seu celular expuseram diversos prints de troca de mensagens entre as duas onde Monique é comunicada em tempo real que Dr. Jairinho se trancou no quarto com o garoto para agredi-lo.

O delegado responsável pelo caso, Henrique Damasceno, afirmou que “não resta a menor dúvida” de que a mãe e o padrasto causaram a morte de Henry. Assim, segundo ele, os dois responderão por homicídio duplamente qualificado, com emprego de tortura e sem chances de defesa da vítima.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: