Líder do Governo afirma Auxílio Emergencial em novo modelo para esse ano: “Rapidamente a proposta passa”

Uma informação muito relevante chamou a atenção nesta sexta-feira (4). O governo está se articulando para uma nova modalidade do Auxílio Emergencial. Mas afinal, o que mudou?

Diante da grande demanda do benefício para a sociedade Brasileira, o governo está cada vez mais convencido de que o Auxílio Emergencial precisa voltar. Então, em entrevista ao portal Valor Econômico, o deputado Ricardo Barros (PP), que é líder do governo na Câmara, trouxe novas informações de como o Auxílio deve ficar. De acordo com ele, é preciso revisar o benefício num novo formato:

“Não temos mais decreto de calamidade pública e orçamento de guerra. Isso pressupõe que não teremos auxílio emergencial no formato que foi entregue. O governo vai atender as pessoas que não estão podendo desempenhar sua atividade econômica por conta da pandemia, mas hoje são muito menos pessoas que dependem de fato. O atendimento não pode ser individual. Tivemos quatro pessoas da mesma família recebendo. É preciso haver revisão”

Além disso, o deputado afirmou que o novo modelo do Auxílio Emergencial deve seguir o plano de gastos do governo. Então, respeitando o plano fiscal do governo, o benefício voltaria rápido:

“O desenho inicial era criar espaço fiscal a partir da PEC Emergencial. Esse é um caminho, mas equipe econômica e Parlamento podem ter outras ideias. Havendo equação harmônica, rapidamente a proposta passa.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: