Laudo revela que morte do ator Luiz Carlos, encontrado sem vida em casa, teria sido causada por um quadro de asfixia

O laudo do IML (Instituto Médico Legal ) revelou que a morte do ator Luiz Carlos de Araújo, da novela Carinha de Anjo, foi acidental. Luiz Carlos teria morrido por asfixia e uso de drogas.

O ator tinha 42 anos e foi encontrado morto no último dia 11, em seu apartamento. O corpo do artista foi encontrado com um saco plástico na cabeça, caído sobre a cama, com a barriga para cima. De acordo com o laudo, “Não foram observados sinais de constrição (alteração) cervical externas ou internas, mesmo após dissecção cuidadosa do pescoço”.

Entretanto, o caso ainda continua sendo investigado e um inquérito policial foi instaurado pelo 3º DP da capital paulista, cidade onde vivia.

“A autoridade policial analisa o resultado do laudo necroscópico, recebido nesta quarta-feira (22/9). A investigação prossegue e oitivas são realizadas”, afirmou a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo em nota.

A justificativa encontrada para o saco plástico na cabeça do artista, sendo o laudo, foi de que ele teria sido usado para aliviar a ansiedade. Todavia, com o saco na cabeça, a quantidade de oxigênio reduziu e acabou o asfixiando.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: