Justiça nega pedido de DJ Ivis para ex remover conteúdo postado nas redes sociais que mostra agressões

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta segunda-feira (12). O pedido feito à justiça pelo advogado do DJ Ivis para que a ex-mulher de seu cliente, Pamella Hollanda, removesse o conteúdo publicado nas redes sociais em que Ives aparece praticando agressões em Pamella, foi indeferido pela juíza Maria José Souza Rosado de Alencar, da Comarca de Fortaleza. O pedido foi feito na noite de domingo (11), após o vídeo ter sido divulgado por Pamella nas redes sociais.

A ação movida pelo advogado ainda pedia que Palloma Hollanda ficasse proibida de comentar sobre o caso na imprensa fazendo referências principalmente à filha do casal, mas a juíza também negou este pedido. A equipe jurídica de DJ Ivis iniciou um processo de calúnia contra Pamella alegando que “[ela] comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em site na internet prejudicial a sua reputação”.

A magistrada disse que não encontrou no conteúdo postado por Pamella nas redes sociais “qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isto ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além do que a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria afronta ao direito fundamental da livre expressão da imprensa em todos os seus meios, assegurado pela Constituição Federal de 1988’’, julgou a juíza.

O DJ Ivis informou por meio de nota que irá aguardar os trâmites legais da investigação.“Irei cumprir a decisão da medida protetiva e permaneço à disposição da justiça”, disse.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Artistas.

Comente: