Justiça determina cassação de prefeito de Sento Sé

 

O prefeito de Sento Sé, Ednaldo Barros (PSDB), foi cassado e teve os direitos políticos suspensos por cinco anos, em decisão publicada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), após julgamento de ação civil pública de improbidade administrativa, de autoria do Ministério Público Federal (MPF). Além disso, foi determinado o pagamento de multa de R$ 95 mil e o réu foi proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de cinco anos. Ednaldo já havia sido condenado anteriormente pelo juiz federal em Juazeiro Eduardo Gomes Cargueja, mas recorreu. Ele foi acusado foi de não realizar a perfuração de 20 poços artesianos no município, apesar de o convênio ter sido assinado com a Codevasf, no valor de R$ 237 mil, quantia transferida para a conta da prefeitura na época.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: