Search
Close this search box.

Jovens pagam R$ 1.650 em vinho achando que cada garrafa custava R$ 165 em restaurante na Bahia

Dois casais de amigos, em um almoço descontraído em Salvador, foram surpreendidos pela conta de R$ 4.512,09. A confusão começou quando eles escolheram um vinho que, sem saber, custava R$ 1.650 por garrafa, achando que cada uma sairia por apenas R$ 165. A história viralizou nas redes sociais após o ocorrido no restaurante Mistura, no último domingo (7).

O grupo, que estava em um restaurante cheio, começou a beber antes mesmo de conseguir uma mesa. “Ficamos na recepção aguardando ser chamados. Depois, fomos do hall de entrada para o sofá interno, e aí decidimos pedir logo o vinho e duas entradinhas”, contou Thalyta Figueiredo, arquiteta de 27 anos, ao g1.

A confusão começou quando Juliana, uma das amigas, viu o vinho no cardápio e, sem perceber, leu R$ 165, quando, na verdade, o preço correto era R$ 1.650. O cardápio do restaurante, consultado na internet, mostra que o vinho mais barato custa R$ 190, enquanto os preços dos vinhos podem chegar a R$ 2.599.

Ao perceberem o erro, o grupo tentou confirmar com os garçons, mas o tratamento VIP dado pela equipe os fez continuar a beber sem suspeitar. “Um garçom atravessou o salão só para encher as taças do grupo”, relatou Thalyta.

Thalyta lembra da dor de barriga ao ver a conta e do constrangimento ao perceber que estavam realmente pagando R$ 1.650 por cada garrafa. “Ficou aquele desespero, a gente ficou constrangido, acho que os garçons perceberam, ficaram esperando a gente chamar pra ver a máquina”, disse.

Ao final, dividiram a conta por quatro, resultando em R$ 1.128,02 para cada um. “Nenhum cartão foi recusado, mas fiquei traumatizada. Pelo menos por um tempo, não quero mais saber de vinho”, confessou Thalyta.

A assessoria de comunicação do Mistura, ao ser contatada pelo g1, destacou que o vinho Pêra Manca tinha seu valor explícito no cardápio e expressou solidariedade com a inexperiência dos jovens. Em nota, o restaurante se comprometeu a oferecer um jantar de cortesia ao grupo.

Foto: Arquivo Pessoal

Da redação do Acontece na Bahia