Jovens do meio rural terão 5% dos lotes da reforma agrária

Os jovens do meio rural terão, a partir deste ano, 5% dos lotes da reforma agrária em todo o paós. Com a medida, o governo pretende assegurar, nos assentamentos com vinte lotes ou mais, a permanência ou o retorno ao campo de jovens trabalhadores rurais solteiros até 29 anos, residentes ou com origem no meio rural. De acordo com o presidente do Instituto de Colonização e Reforma Agrária, Carlos Guedes, a medida, estabelecida em portaria do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, é inédita, já que estimula o fortalecimento dos laços familiares e a manutenção dessas comunidades no campo. A portaria também trata da “sucessão rural” e vai beneficiar jovens cujos pais tenham dois ou mais filhos e que sejam assentados ou agricultores familiares, como prioritários no assentamento em lotes vagos em decorrência de desistência, abandono ou retomada, localizados em projetos de assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Regional.

Comente: