Jovem que morreu após tiros em praia de Salvador era estudante de biomedicina e estava só aproveitando o momento de lazer

Nesta quarta-feira (6), um caso continuou a comover o povo. Sendo um dos locais de maior simbolismo para os brasileiros, a praia se tornou palco para uma tragédia. Dentre as vidas perdidas nesse caso, uma delas estava estudando para melhorar a vida e a saúde das pessoas. Mas afinal, o que aconteceu?

Uma das jovens que morreu na última terça-feira (5) se chamava Juliana Celina da Santana Silva Alcântara e tinha 20 anos. Ela estava na praia de Jaguaribe, em Salvador, tomando sol e comendo acarajé quando acabou surpreendida. De acordo com informações preliminares, o confronto começou quando 4 suspeitos chegaram à praia, atiraram contra um jovem e depois fizeram disparos difusos, de forma aleatória, contra quem estava na praia.

Por conta do tiroteio, pelo menos 6 pessoas ficaram baleadas. Destas 6 pessoas, quatro delas acabaram morrendo, incluindo Juliana. Ela teria sido atingida na cabeça e não resistiu, morrendo na praia, onde foi apenas na intenção de aproveitar o momento de lazer. Além disso, tudo indica que todos são jovens com menos de 30 anos. Mas não é só isso.

Após a repercussão do caso por todo o Brasil, chegou a informação de que Juliana era aluna da área de saúde. Ela estava fazendo o nível superior e cursava biomedicina. Além disso, a mãe da jovem também acabou ferida no episódio e precisou ser levada até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Então, agora as autoridades estão investigando  oque motivou o ocorrido.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: