Jovem perde fala e movimentos após ser atingido por carro; família pede ajuda

O entregador Victor Vinicios Santos de Sousa, de 19 anos, sofreu um acidente de moto que o deixou com sequelas. Priscila Lourdes dos Santos, de 40 anos, mãe do jovem, relatou ao Portal G1 que o filho teve traumatismo crânioencefálico (TCE) após ser atingido por um carro que havia entrado em uma conversão errada.

O acidente ocorreu no Guarujá-SP, há cerca de três meses atrás. Desde então, Victor não consegue falar e ainda precisa ficar acamado, após ter perdido os movimentos. Segundo Priscila, os médicos que acompanham o jovem relataram que a situação dele é reversível. No entanto, é preciso manter um acompanhamento constante de especialistas, como fisioterapeutas e fonoaudiólogos, com o intuito de avançar no tratamento.

A mãe conta ainda que, apesar de Victor estar inscrito na prefeitura para internação em casa, os especialistas só podem visitá-lo uma vez na semana. Devido a isso, Priscila pretende contratar um serviço particular.

O jovem trabalhava em dois empregos como entregador, para ajudar a família financeiramente. Após o acidente, os médicos estimam que o tratamento dure cerca de um ano, para que ele volte a andar e falar. A mãe relatou ao Portal G1 que não tem condições de arcar com os custos e que a Justiça ainda não determinou que o responsável pelo acidente arque com as despesas.

A família do jovem criou uma campanha de arrecadação virtual, em que pede doações em qualquer quantia para ajudá-los no tratamento.

“Ele [Victor] era um garoto trabalhador, feliz e cheio de sonhos que foram interrompidos por imprudência de um motorista”, publicou o amigo da família que criou a arrecadação virtual.

Categoria(s): Nacional.

Comente: