Search
Close this search box.

Jovem de 19 anos morre após celular explodir e causar incêndio no AC

Um jovem de 19 anos, João Henrique Morais de Souza, morreu enquanto dormia após o celular que estava carregando próximo à sua cama explodir. O incidente foi registrado em Rio Branco, no Acre, na noite da quinta-feira (23), e causou grande comoção.

João Henrique dormia no quarto com a porta trancada quando a tragédia aconteceu. O celular, ao explodir, causou um princípio de incêndio. Os bombeiros tiveram que forçar a entrada na residência para controlar as chamas. O caso ocorreu no bairro Base.

A Polícia Civil do Acre investigará a causa da morte e da explosão do celular. Segundo o tenente Fracismar Ely Souza, do Corpo de Bombeiros do Acre, a suspeita é de que João Henrique tenha morrido devido à inalação excessiva de fumaça, já que não havia grandes sinais de lesões provocadas por queimaduras em seu corpo. “É uma questão que vai ser identificada pelo médico legista, mas visualmente ali não tinha grandes sinais de carbonização. Tinha as queimaduras ali, primeiro, segundo grau, mas não tinha grandes marcas. O ambiente estava com bastante fumaça e o quarto não tinha ventilação. Ele provavelmente deve ter inalado bastante fumaça ali naquele local”, declarou o tenente.

João Henrique sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau. A residência foi temporariamente isolada para que a perícia colhesse evidências e determinasse o que gerou a explosão do aparelho telefônico.

Foto: Reprodução

Da redação do Acontece na Bahia