Jovem cadeirante e com paralisia cerebral se forma na universidade e manda recado para quem desacreditou: “ão acredite em quem não acredita em você”

Uma história tocou o coração da população nesta segunda-feira (11). Isso porque uma jovem deu um grande exemplo de superação. Mas afinal, o que aconteceu?

Aos 24 anos, Andresa Jerônimo, que nasceu com paralisia cerebral e é cadeirante, conseguiu se formar na universidade. Depois de ouvir muitos nãos de profissionais da educação, que relataram que Andresa seria incapaz de aprender, a jovem agora tem ensino superior, provando que todos eles estavam errados. Ela cursou Letras e mora na cidade de Orlândia, no interior de São Paulo. De acordo com o portal Globo, lidou com todos esses desafios tendo como porto seguro a mãe dela, a dona Maria Veríssima, que insistiu para que ela estudasse e nunca aceitou o que os professores disseram. Além disso, a própria dona Maria ensinou Andresa a ler, usando o material escolar do filho mais velho dela. Dona Maria Desabafou:

“Com 6 anos, uma psicóloga me disse que ela não aprenderia nada. Eu discordei, mas ela insistiu nisso, então eu mesma ensinei. Ela aprendeu super rápido, começou a ler gibi e se apaixonou pelas letras.” Mas não é só isso.

Além disso, ainda segundo o portal, Andresa desabafou e mandou um recado para o povo:

É muito gratificante chegar longe, ainda mais quando um monte de gente não acredita em você[…]Por isso, digo a crianças com deficiência: não acredite em quem não acredita em você. No final, a recompensa é grande.”

Sem dúvidas, tamanha superação demonstra o potencial de cada ser humano, independente de suas limitações.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: