Jojo Todynho responde a críticas após afirmar que agressões a mulheres brancas têm maior repercussão.

Jojo Todynho responde a críticas após afirmar que agressões a mulheres brancas têm maior repercussão.

Jojo Todynho rebateu críticas após suas declarações sobre a discrepância na repercussão de agressões a mulheres brancas e negras.

A cantora reafirmou sua posição nos stories do Instagram, salientando que, na prática, as mulheres brancas desfrutam de privilégios enquanto as mulheres negras enfrentam uma realidade diferente. Deixou claro que não se trata de vitimismo, mas de destacar as desigualdades na cobertura midiática, usando os casos de Ana Hickmann e Patrícia Ramos como exemplos.

Jojo ressaltou a ironia de como a mídia e as redes sociais reagiram de forma mais intensa à agressão sofrida por Ana Hickmann em comparação com o caso de Patrícia Ramos, que denunciou violência doméstica pelo ex-marido, Diogo Vitório. A cantora chamou a atenção para a necessidade de abordar questões de raça e privilégio ao discutir violência contra a mulher.

Para contextualizar, Ana Hickmann denunciou o marido, Alexandre Correa, por violência doméstica, enquanto Patrícia Ramos, em outubro, denunciou Diogo Vitório por violência física, moral, psicológica, patrimonial, além de acusações de estelionato, furto mediante fraude e perseguição.