Jequié: Estudantes com deficiência visual e intelectual conquistam Ensino Superior

O desempenho em notas no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) tem feito com que inúmeros estudantes da rede estadual de ensino conquistem vagas em universidades públicas por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU). O projeto também alcança diversos aprovados da Educação Especial que, com muita determinação, realizam os seus sonhos de ingressar no Ensino Superior.

A estudante Manuely da Conceição, de 19 anos, que possui deficiência intelectual e dificuldade motora, se sente feliz com o resultado do SISU. A jovem foi aprovada em Artes, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Jequié. Manuely concluiu os estudos no Colégio Estadual de Jequié e também contou com o apoio do CAP de sua cidade. “Não tenho como descrever o que estou sentindo, pois a felicidade é enorme. Sou muito grata por esta conquista e por todo o apoio que tive”, disse a jovem.

A importância dos estudantes da Educação Especial ingressarem no Ensino Superior foi ressaltada pela coordenadora de Educação Especial da SEC, Marlene Cardoso. “Para além do cumprimento de uma lei, cumprimos um dever de atender aos estudantes, corroborando com a ideia de todos serem bem-vindos aos espaços comuns a todo e qualquer cidadão com direito de ir e vir, independentemente de ser pessoa com deficiência ou não. Ter um estudante com acesso ao Ensino Superior acentua o olhar de igualdade, respeitando cultura e identidade”, disse a coordenadora.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Social.

Comente: