Janones revela que Auxílio ainda não foi reduzido e pressiona políticos: “Vou mostrar a cara de cada parlamentar que votar pela redução”

Seguindo na saga para manter o valor do Auxílio Emergencial, o deputado federal André Janones revelou que, na verdade, o benefício ainda não foi reduzido. Além disso, o parlamentar pressionou os colegas da câmara e do senado, afirmando que irá mostrar o rosto de cada um que votar para a redução Auxílio.

Primeiramente, Jonones explicou que mesmo com a assinatura do presidente Jair Bolsonaro, a Medida Provisória de redução do Auxílio  precisa da validação tanto dos deputados, quanto dos senadores:

“Presta atenção! Para que a MP tenha validade e o Auxílio de fato caia de R$600 para R$300, os deputados e senadores têm que autorizar. E eu vou votar para que seja mantido no valor de R$600, já apresentei um projeto. Eu prometo para vocês, tomei essa decisão, de ficar em Brasília, de plantão 24h. Eu prometo mostrar o rosto de cada parlamentar que tiver a ousadia de votar pela redução do auxílio emergencial num momento tão difícil quanto esse. Não vou sair de Brasília nem por um minuto nas próximas semanas!”

Mais cedo, Janones também falou sobre as pessoas que estão criticando um benefício e relacionando isso aos empregos. “Quem é contra o Auxílio Emergencial alegando que prefere um emprego digno, age como se tivesse que escolher entre receber os R$ 600,00 ou ter um trabalho, quando na verdade, a única escolha que a classe política está impondo ao povo é: ou o auxílio ou NADA!”

O deputado já está articulando aliados no congresso para fortalecer a seu movimento.. Espera-se que a pressão aumente cada vez mais, chegando ao seu pico no dia da votação.

Da Redação do Acontece na Bahia.

 

Categoria(s): Nacional.

Comente: