Janones é provocado e desafia Carla Zambeli: “Manter os R$600 é o mínimo para viver com dignidade”

Entre desafios e respostas, o deputado federal André Janones e a também deputada federal, Carla Zambelli, têm travado uma verdadeira disputa diante das mudanças para o auxílio emergencial. Tudo começou depois que Janones afirmou que o valor do auxílio deveria ser mantido, pois era o mínimo que poderia ser feito:

“O povo não está pedindo pra ganhar 30mil por mês como nós Deputados ganhamos não! Querem só R$600, apenas para viver com o mínimo de dignidade!”

Então, em resposta, Zambelli, que é apoiadora do presidente Bolsonaro, propôs uma redução dos salários dos agentes públicos, em tom de desafio:

“Deputado, então que tal assinar nossa PEC que reduz temporariamente em 25% os salários dos agentes públicos dos 3 poderes que ganham mais de R$15 mil, e usarmos essa economia no auxílio emergencial?”

Após isso, Janones disse que assinaria imediatamente e propôs um desafio em cima do que a deputada já havia feito:

“Assinarei imediatamente! Peço que Vossa Excelência, com todo o alcance que tem nas redes, e também com acesso direto ao Palácio do Planalto, nos ajude. A colega de Câmara, Deputada Carla Zambelli, é hoje um das principais articuladoras do Presidente Jair Bolsonaro. Logo, se nossa mobilização e propostas pra manter o auxílio em R$ 600,00 chegaram até ela, com certeza já chegaram também ao Palácio do Planalto! ”

No fim das contas, parece que os ideais estão se alinhando e, dependendo de como esse processo acontecer no legislativo, é possível que o objetivo de manter o valor do auxílio seja alcançado.Contudo, é preciso esperar para ver o decorrer dessa história.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: