Itamaraju: Depois da cidade ter sido uma das mais devastada pela forte chuva, moradores tentam se reerguer e reconstruir a vida

Uma semana após os dias de desespero e prejuízos por conta das fortes chuvas que devastaram o extremo sul da Bahia, os moradores da cidade de Itamaraju enfrentam as dificuldades para conseguir reconstruir a vida.

“Foi desesperador ver as coisas que comprei com tanto sacrifício sendo levadas pela água. Eu chorei muito e até hoje quando olho, eu choro”, desabafa a aposentada Josete Silva.

Itamaraju foi uma das cidades mais afetadas pela chuva. Casas, pontes, carros, árvores e dentre outras coisas foram destruídas. Para muitas pessoas, o que sobrou foram apenas os documentos.

“Estava dando um apoio ao pessoal da Rua São Bernardo que estava debaixo d’água. Eu acabei me envolvendo com a situação lá e esqueci da minha casa. Quando cheguei aqui a água já estava na altura da minha cintura e meus móveis tudo boiando. A única coisa que deu pra salvar foram os meus documentos. Até a roupa que estou vestido agora foi doada porque eu perdi tudo”, conta o o auxiliar de serviços gerais César Vaz.

Na última quarta-feira (08), três pessoas morreram na cidade. Elas foram vítimas de um deslizamento de barranco que atingiu seis imóveis. Duas crianças, de 4 e 9 anos, e o tio delas, um jovem de 26, não resistiram aos ferimentos.

Hoje voltou a chover na cidade, depois de três dias sem chuvas, mas essa não chegou a fazer estragos, mesmo preocupando os moradores.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Comente: