IPIRÁ: TRÊS PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA SÃO ENTERRADAS APÓS ACIDENTE.

 

Nubia Lima Galvão, Ana  Ludmila Lima Galvão e Ariel da Silva Lima

Os corpos das três pessoas, de uma mesma família, que morreram em um acidente na rodovia BA 052, Km 36, próximo ao município de Serra Preta, foram enterrados na manhã desta quarta-feira (27), no Cemitério Vale das Flores, em Ipirá (BA).

Mãe, filha e sobrinho morreram após colisão frontal entre um carro Palio de Placa JRY 9571-Ipirá (BA) e o caminhão tanque (que se encontrava vazio), utilizado para transporte de combustível, de Placa JPW 6120 – Xique Xique (BA), na BA 052, na tarde de terça (26).

As três vítimas que não resistiram e tiveram morte instantânea foram identificadas como: Núbia Lima Galvão, 53 anos, Ana Ludmila Lima Galvão, 32 anos e Ariel da Silva Lima, de 14 anos, todos de Ipirá.

Os corpos foram velados na casa da família Galvão, Bairro Tamburi, em Ipirá. Foi possível registrar no velório coletivo a presença não apenas dos familiares e amigos das vítimas, mas de vários empresários e autoridades de Ipirá que emocionados se despediram das vítimas do acidente. Além dos ipiraenses, diversos conhecidos e amigos de outras cidades compareceram para prestar solidariedade aos familiares de Luciano Galvão (esposo de Núbia e pai de Ana Larissa) e a Murilo Tadeu Lima (pai de Ariel). Os serviços funerários ficaram a cargo da Paf São Paulo.

ACIDENTE

O carro Palio, em que as vítimas estavam, bateu de frente com um caminhão tanque. Com o impacto da batida, o veículo de passeio ficou completamente destruído. A colisão dos dois veículos foi tão forte que partes do motor do Palio, que estava sendo conduzido pela fisioterapeuta Ana Ludmila, ficaram espalhados na pista. Os corpos ficaram presos nas ferragens e foram retirados pelo Corpo de Bombeiros de Feira de Santana.

O carro pequeno vinha no sentido de Feira de Santana para Ipirá e o caminhão no sentido contrário. Em relação ao caminhão tanque, apenas o motorista ocupava o veículo. Segundo a polícia, o motorista evadiu-se do local e deixou o caminhão abandonado.

A Policia civil de Serra Preta e peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana fizeram a perícia para descobrir o que realmente aconteceu entre os dois veículos. Os corpos foram encaminhados ao (DPT) de Feira de Santana.

Segundo informações de amigos da família, o garoto Ariel, tinha ido pela manhã para Feira de Santana e estava voltando para Ipirá, após visitar a mãe (Bethânia Pereira Lima), que se encontra em Hospital Maternidade em Feira de Santana e tinha acabado de dar à luz, a uma menina.

Amigos, conhecidos e familiares ficaram chocados com tamanha tragédia que culminou com a morte das três pessoas, bastante queridas e conhecidas na cidade. O Prefeito de Ipirá, Ademildo Almeida, decretou luto oficial por três dias.

Fonte: Ipirá Negócios. Orlando Santiago.

Categoria(s): Regional.

Comente: