Influencer ‘Uber Presente’, que fazia corridas fingindo ser PM, é detido

crédito reprodução

William Rodrigues Peixoto, de 38 anos, conhecido como ‘Uber Presente’, foi preso na cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, sob acusação de ameaça. O influencer ganhou notoriedade por realizar corridas de aplicativo vestido como policial militar, gravar essas interações e compartilhar nas redes sociais. No entanto, é importante ressaltar que ele não é membro da corporação e teve sua conta de motorista na Uber desativada há quatro meses.

A prisão de William ocorreu após um passageiro denunciá-lo, alegando ter sido ameaçado pelo “Uber Presente”. Quando os policiais o detiveram, constataram que ele estava vestido como policial militar e portava réplicas de fuzil e pistola, além de um colete à prova de balas, rádio e outros equipamentos relacionados à polícia.

O influencer foi levado para a delegacia, onde o material apreendido foi registrado como prova. Segundo informações da Polícia Militar, William já possuía antecedentes criminais por lesão corporal.

Apesar de usar o nome da Uber em suas redes sociais como sinônimo para motoristas de aplicativos de mobilidade, é importante esclarecer que o perfil de William não está mais ativo na plataforma. Em comunicado, a empresa informou ao CORREIO que “a conta do motorista foi banida da plataforma e ele não realiza corridas pelo aplicativo há 4 meses.”

Fonte: Alerta Rio 24h