Idosa de 93 anos é velada viva por oito horas até família descobrir que ela não havia partido

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (14). O episódio incomum aconteceu na última sexta-feira (8), em Guiratinga, Mato Grosso, e envolveu a idosa Carolina Lopes de Almeida, de 93 anos, que teve o seu velório interrompido após a família descobrir que ela estava com sinais de vida.

De acordo com informações do portal G1, Carolina Lopes estava sendo velada quando familiares e pessoas que estavam próximo perceberam que o corpo da idosa estava quente. A princípio, as pessoas julgaram que poderia ser em consequência do forte calor que estava fazendo na cidade e no ambiente.

Como a suspeita foi levantada, um médico foi chamado e verificou que a idosa, que ficou sendo velada por cerca de oito horas seguidas, estava viva. Carolina foi retirada do caixão e encaminhada para o Hospital Oswaldo Cruz, contudo, teve o óbito confirmado ao dá entrada na unidade. Carolina teve um novo velório e foi sepultada nesse sábado (9). A família não quis falar sobre o caso e o hospital não divulgou a causa da morte da idosa.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: