Hospital Santo Antônio será ampliado em terreno doado pelo governo

 

Decreto assinado nesta sexta-feira (4) pelo governador Jaques Wagner declara de interesse público uma área de 9.430 metros quadrados, localizada na Avenida Luiz Tarquínio, no bairro de Roma, na Cidade Baixa, em Salvador. O terreno pertence ao Serviço Social da Indústria (Sesi/Fieb) e é ocupado atualmente por um campo de futebol.

De acordo com o governador, a medida é o passo inicial para futura instalação de um centro oncológico no local, que fará parte das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). Ele enfatiza que o Governo do Estado vem negociando há bastante tempo e até já ofereceu terrenos alternativos, onde poderia ser construída uma praça esportiva.

“Agora dei um passo no sentido de tomarmos uma decisão. É claro que a manifestação de interesse público não é uma desapropriação, apenas prepara a situação para o caso de uma necessidade. Espero que haja sensibilidade para uma negociação. Caso não aconteça, aí faremos a desapropriação”, declara Wagner.

Ampliação do hospital

Após a desapropriação o terreno será cedido para as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). A decisão possibilitará a ampliação dos serviços de saúde prestados pelo Hospital Santo Antônio – administrado pela instituição – inclusive com o aumento do número de leitos e do atendimento ambulatorial.

“Este é um passo importante para esta conquista. É uma luta de quase 13 anos que a gente vem tentando negociar com a Fieb e eu espero, agora, que isso sensibilize ainda mais”, afirma a superintende da Osid, Maria Rita Pontes. Ela informa que atualmente existem pacientes na oncologia esperando tratamento em radioterapia, que terá uma unidade construída na primeira etapa de obras no terreno. “Vamos poder oferecer também outros serviços na área de saúde e melhorar nossa estrutura”, disse.

Fonte: Sesab.

Categoria(s): Regional.

Comente: