Hospede do hotel, onde aconteceu o acidente do cantor MC Kevin, relata ter presenciado uma briga, entre o funkeiro e a esposa, horas antes do acidente

Mais um capítulo da história envolvendo a trágica morte do cantor de funk, MC Kevin, se torna publica nesta terça-feira (18). Isso, porque uma testemunha afirma ter presenciado uma briga entre o funkeiro e sua esposa horas antes de acontecer o acidente.

Ainda envolta de mistérios, a morte do cantor MC Kevin, que morreu ao cair da varanda de um hotel na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, no último domingo (16), segue trazendo novidades. Segundo informações passadas ao jornal “O Globo”, uma testemunha, um turista mineiro que estava hospedado no mesmo local, informou ter presenciado uma briga do funkeiro com sua esposa.

“Eu chegava no hotel com a minha família, por volta das 14h, e ele já estava no hall muito nervoso com a equipe e, principalmente, com a mulher dele. Ela saiu do hotel e foi para a parte externa”, lembra Luiz Henrique Rabêlo Pires, de 31 anos.

“Ele jogou uma garrafa de cerveja no chão e mandou ela entrar. O tempo todo ele ficava gritando com a equipe de produção, principalmente com o segurança, dizendo que tinha que fazer o que ele mandava. Não deu para entender o motivo da briga, mas logo depois ele saiu para a praia sozinho e ninguém foi com ele. Foi o que eu observei. Tudo isso aconteceu entre 14h ou 14h30. Depois eu não vi mais ele e só soubemos depois do acidente”, completou.

Luiz lembra que pedaços da garrafa de vidro quase atingiram sua família. “Eu cheguei a olhar no olho dele, porque não tínhamos nada com a confusão. Estávamos com um bebê, a minha mulher e a babá. Ele estava muito nervoso e jogou uma garrafa de cerveja que estourou. Cerca de sete ou oito pessoas estavam na confusão”.

O turista, que estava hospedado no 503, ao lado do quarto 502, onde os amigos de Kevin estavam hospedados, durante a tarde de domingo eles ouviram muito barulho de pessoas entrado e saindo da suíte vizinha, chegando a pedir para mudarem de quarto. Ele, no entanto, afirma que não escutou ninguém caindo ou pedindo socorro apenas o barulho da sirene. “Estávamos incomodados com o barulho e pedimos para mudar de quarto. Durante a tarde ouvimos muito barulho de porta abrindo e fechando e isso incomodou bastante”, disse.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Nacional.

Comente: