Homicídios na Bahia crescem 264% em nove anos

Os dados do 5º Relatório Nacional sobre Direitos Humanos no Brasil, divulgado nesta quarta-feira (19) pelo Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV/USP), mostram que a Bahia teve um aumento na taxa de homicídios de 264% entre 2000 e 2009, com um índice de 9,6 mortes para cada 100 mil habitantes no ano inicial do estudo e salto para 35 mortes/100 mil no último ano do levantamento. Em 2000, a Bahia ocupava a 23ª colocação no ranking nacional, mas pulou para o 5º lugar em 2009.

“A curva de evolução nas mortes violentas na Bahia chama a atenção, especialmente pelo forte crescimento observado entre 2004 e 2007”, considera o relatório. Na faixa etária de 15 a 24 anos, o porcentual teve um aumento de 434,93%: de 16,2 mortes/100 mil em 2000 para 86,9 em 2009. A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) afirmou que ainda vai analisar a metodologia do estudo e a base de dados utilizada para elaborar o balanço para, posteriomente, emitir um posicionamento sobre as informações apresentadas. No entanto, a SSP aponta a criação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) como um fator que contribuiu para o aumento da elucidação de crimes e maior remetimento de inquéritos à Justiça. No campo das políticas de prevenção, a pasta informou que a implantação das Bases Comunitárias de Segurança colabora, nos locais atendidos, para a redução de até 50% das ocorrências policiais.

Fonte: Aparecido Silva – Bahia Notícias

Categoria(s): Nacional.

Comente: